Logo
Cinema 13 de julho de 2021
Hotel Globo é cenário para gravação de filme sobre Anayde Beiriz
thumb

Com suas belezas naturais e seus prédios históricos, João Pessoa tem sido escolhida como cenário para gravações de produções artísticas. O Hotel Globo, localizado no varadouro, Centro Histórico, é um dos equipamentos da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), bastante procurado como ambiente cinematográfico. Recentemente, recebeu a equipe de produção e elenco do filme Anayde Beiriz.

“Essas experiências cinematográficas, com as gravações no Hotel Globo, provam, de algum modo, a vocação histórica que nós temos, tanto do ponto de vista da realização do audiovisual, como de João Pessoa como ambiente cenográfico. Isso é muito importante, porque marca e traz uma simbólica forte para os nossos equipamentos culturais”, declarou o diretor-presidente da Funjope, Marcus Alves.

“Esse filme fala sobre Anayde Beiriz, personagem histórica da Paraíba. A pandemia não nos permite andar tanto pelas ruas e procuramos uma locação que fosse mais vistosa, que mostrasse um pouco de João Pessoa, de sua arquitetura, e o eleito foi o Hotel Globo”, declarou Tais Pascoal, da Electric Prism – @electricprisms, produtora executiva do projeto financiado pela Lei Aldir Blanc estadual.

No Hotel Globo foram gravadas várias cenas. “Esse equipamento é mais do que uma referência, não só externamente, com sua estrutura que não pode ser modificada, mas internamente, carregando muito do cenário de época. As imagens estão incríveis”, acrescentou.

Mais produção – O filme Ambiente Familiar, do diretor Torquato Joel, também foi gravado em João Pessoa. A obra traz uma história sobre traumas na infância e a tentativa de superá-los na maturidade. A produção é da Extrato de Cinema e distribuição da Elo Company.
O contrato da produtora desse filme junto à distribuidora foi fechado na Mostra de Cinema Walfredo Rodriguez. “É um filme do nosso Edital Walfredo Rodriguez de Produção Audiovisual, realizado pela Funjope e o Fundo Municipal de Cultura (FMC)”, declarou Paulo Roberto de Souza Júnior, chefe da Divisão de Audiovisual da Funjope.