Logo
Juca Pontes
Compartilhar:

A VIGOROSA ESCRITA DE WILLIAM COSTA

01 de junho de 2017



`Para tocar tuas mãos´ é o título do livro de estreia do jornalista e escritor William Costa, a passear pelas vozes do tempo, a vislumbrar os rostos da memória afetiva, entre os fios e os rios do universo literário, onde bem figuram a plasticidade da linguagem e a leveza da poesia. Editada pela Ideia (2017, 162 páginas), a obra reúne seleção de 42 crônicas, algumas delas veiculadas em diversos órgãos da imprensa paraibana, onde a intensa alma do jornalista oferece corpo e vida ao imenso escritor que transita e caminha com esplêndida desenvoltura e rara intimidade com a palavra.

Amor, lugar, simplicidade, natureza, convivência, saudade, experiência, cotidiano, amizade, filosofia, literatura e arte são alguns dos temas abordados por seu autor, em três seções distintas e distinguidas por sugestivo ciclo que inclui expressivas epígrafes: “Porque tudo que acontece/acontece uma única vez”, “E a tua história/eu não sei” e “Bela era a vida/no dia em que a vi”.

O laborioso exercício literário e a sólida convivência impressa de William Costa com os férteis ventos da criação, sempre girando em torno da boa dicção, permanecem a exercer e a merecer o aplauso de grandiosas figuras da nossa literatura, a exemplo de Ângela Bezerra de Castro, Gonzaga Rodrigues, Sérgio de Castro Pinto e, mais recentemente, pelo substancial discurso de Maria Valéria Rezende, Thiago Andrade Macedo e Marco Lucchesi, a emprestar sublimada fala ao pensamento e às saborosas páginas que anunciam, mais do que tudo, o vigoroso espelho do seu proclamado talento.



As matérias assinadas são de responsabilidade dos seus respectivos Autores.