Logo
Compartilhar:

‘Poesia no Asfalto’ leva grafite para ruas do Centro de João Pessoa

14 de março de 2022
Foto: Div

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), em parceria com a Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico (Sedest), realiza esta semana uma série de intervenções urbanas com grafiteiros de João Pessoa, Curitiba e Florianópolis. As ações começaram na noite deste domingo (13), na Avenida Getúlio Vargas, Centro, com a grafitagem de um poema do escritor Políbio Alves, sobre o Varadouro, que foi pintado no asfalto pela artista Fany Miranda.

“Este é um trabalho integrado, dentro do Festival de Verão Cidades Criativas. Dentro desse processo, estão envolvidas várias secretarias, mas para o ‘Poesia no Asfalto’ contou com a fundamental participação e apoio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e da Guarda Civil Municipal”, destacou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves. Ele ressaltou que a Semob foi muito importante para garantir a segurança dos artistas no isolamento do trânsito.

Essa experiência, segundo ele, vai fazer uma valorização muito importante da literatura e da poesia de João Pessoa e, principalmente, a partir de uma releitura dos grafiteiros para com a poesia. “Nós estamos fazendo uma ponte entre gerações e estilos de arte. A literatura do Políbio Alves sendo relida por Fany. Esse contato de gerações é muito importante”.

Além da iniciativa ‘Poesia no Asfalto’, haverá intervenções urbanas dos artistas locais Thaynha, Dedoverde, Meiacor, Pedro Mulinga, Barbara Mesquita (Babilônia), Hicor, Perfect, Moom Child, Fany Miranda, Shiko. Além deles, os artistas convidados Fulvio Pacheco (PA), Narcelio Grud (CE) e Rizo (SC).

*WSCOM/Funjope