Logo
Eventos 25 de janeiro de 2022
Tabajara completa 85 anos e discute o futuro do rádio
thumb

Nesta terça-feira, dia 25, celebra-se os 85 anos Rádio Tabajara, a partir das 8h30, com a realização do Painel O Futuro do Rádio e o Papel das emissoras públicas, na sede da emissora, a primeira fundada na Paraíba e uma das mais antigas do Brasil. O projeto do museu será apresentado ao governador João Azevêdo.

A primeira parte do painel aborda as inovações tecnológicas na radiodifusão e o impacto do 5G e as tendências nesse setor. O coordenador de Inovação, Roberto Colletti, da Secretaria de Radiodifusão, e o pesquisador e professor doutor Rafael Diniz, do Conselho Consultivo do Rádio Digital do Ministério das Comunicações, explanam a temática, num debate mediado pelo professor doutor Guido Lemos, pesquisador do Lavid (UFPB).

A segunda parte é focada no Papel e no Futuro das Emissoras Públicas, tendo a participação do jornalista Flávio Gonçalves, do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDERB), diretor da TVE e da Educadora FM e coordenador do Fórum de Rádios e TVs Públicas do Nordeste.  E também vai falar o diretor da Rádio Nacional, Thiago Regotto. Eles vão apresentar a experiência desenvolvida pelos veículos que dirigem e as tendências neste segmento. O evento tem o apoio da Associação Paraibana de Imprensa, representada pelo jornalista Marcos Wéric, que dirige a TV Assembleia, e da Associação das Emissoras de Rádio e TV da Paraíba, dirigida por Marilena Motta.

Segundo a jornalista Naná Garcez, presidente da Empresa Paraibana de Comunicação, da qual a Rádio Tabajara é integrante, esse é um momento histórico que merece ser celebrado. A Editora A União produziu uma revista que traz a Rádio Tabajara atual, assim como textos que tratam da relevância da emissora na história e no cotidiano dos paraibanos. Os assinantes do Jornal A União receberão a publicação encartada na edição do dia 25.

Empresa vai apresentar o projeto do Museu do Rádio da Paraíba
Também nesta terça-feira, a partir das 16h, um estúdio com equipamentos antigos, imagens de colaboradores que atuaram na emissora e áudios de reportagens, entrevistas, vinhetas, chamadas de programas serão apresentadas. Alguns desses materiais foram veiculados nas décadas de 1960, 1970 e 1980. O acervo está sendo digitalizado para compor o arquivo do Museu do Rádio da Paraíba juntamente com outros itens preservados e que já compõem o memorial ali existentes.

Palco Tabajara ao vivo, na Usina Energisa
Uma terceira atividade dentro das celebrações dos 85 anos da Rádio Tabajara é a realização do programa Palco Tabajara Verão, ao vivo, transmitido da Usina Energia, sob o comando de Cíntia Perônia e a coordenação do jornalista Marcos Thomaz. Os artistas João Carlos e Bixarte, vencedores do Festival de Música da Paraíba em 2021 e 2020, respectivamente, abrem a edição do verão de 2022. Na plateia apenas artistas convidados.

Casas da História e da Literatura da Paraíba abrem espaço para a Tabajara
Já na quarta-feira (26), às 16h, os historiadores e escritores que integram do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba (IHGP) fazem uma sessão especial, no auditório da Rádio Tabajara, para homenagear a Rádio Tabajara, tendo como palestrante o professor José Otávio de Arruda Melo, o professor Renato César Carneiro, o jornalista Abelardo Jurema.

E, na quinta-feira, dia 27, às 17h, por ocasião do “Pôr do Sol Literário”, na Academia Paraibana de Letras, quando será lançado o livro “Era o que eu tinha a dizer”, do escritor e ex-deputado estadual Ramalho Leite, também será dado espaço para homenagear a Rádio Tabajara, inclusive com uma apresentação do artista Adeildo Vieira, que comanda o programa Tabajara em Revista, uma revista cultural radiofônica, que vai ao ar, de segunda a sexta-feira, das 14h às 15h.

*wscom